Você está aquiFeed aggregator / Sources / tek.sapo.pt

tek.sapo.pt


Syndicate content
tek
Updated: 44 min 11 sec ago

Spotify pode ser a próxima empresa a entrar no mercado dos wearables

Mon, 04/24/2017 - 18:15

A tecnológica sueca publicou uma lista de vagas de emprego e pretende preenchê-las com profissionais capazes de "liderar um projeto onde se desenvolva hardware [...] numa categoria de produtos semelhantes ao Pebble Watch, ao Amazon Echo e aos Spectacles da Snap".

De acordo com uma fonte não identificada, citada esta segunda-feira pela Zatz Not Funny, o Spotify está a explorar a hipótese de lançar um wearable com a sua própria marca. A ideia, ainda que sem qualquer confirmação oficial, é sustentada por uma lista de vagas de emprego publicada esta semana pela empresa sueca. Para as posições que visa preencher, a plataforma procura profissionais capazes de "liderar um projeto onde se desenvolva hardware [...] numa categoria de produtos semelhantes ao Pebble Watch, ao Amazon Echo e aos Spectacles da Snap".

Apesar do desenvolvimento de uma fit band ser o passo mais óbvio para a Spotify, a lista de produtos sugeridos pela empresa como referência mostram que, talvez, essa não seja a estratégia que pretende seguir.

Outra das hipóteses é que o Spotify esteja a criar um departamento para desenvolver versões específicas do seu software para outros produtos de forma a que consigam articulá-lo da melhor forma com as suas valências, como é o caso da Alexa no Amazon Echo.

A empresa está a preparar-se para entrar em bolsa e tem apostado numa estratégia de rentibilização cada vez mais agressiva. A expansão a um outro segmento de mercado pode fazer parte dos planos para entrar com uma oferta pública de aquisição superior.

No passado mês de março, o programa premium da plataforma de streaming contava já com 50 milhões de subscritores.

Astronauta americana bate mais um recorde e tem direito a receber telefonema de Trump

Mon, 04/24/2017 - 17:49

Peggy Whitson já acumula alguns recordes e hoje completou mais um: o de astronauta dos Estados Unidos com mais tempo passado no Espaço.

Aos 57 anos, Peggy Whitson completa esta segunda-feira, 24 de abril, 535 dias no Espaço ao longo de três missões de longa duração a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS).

O recorde anterior era de Jeff Williams, que acumulou 534 dias além Terra. E se tudo correr como planeado, até terminar a atual missão, Peggy Whitson vai acabar por superar o colega com uma margem significativa, já que quando regressar à Terra, terá completado 650 dias no Espaço.

O feito da astronauta deu direito a um telefonema do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e de sua filha Ivanka, para a ISS, transmitido em direto pela TV Nasa.

A marca inédita desta segunda-feira vem juntar-se a outras. Em 2008, Peggy Whitson tornou-se na primeira mulher a ser comandante da Estação Espacial Internacional e, a 9 de abril, passou a ser a primeira mulher a comandar a estação espacial pela segunda vez.

Também detém o título de mulher mais velha a participar de uma missão da NASA, assim como o recorde de maior quantidade de caminhadas espaciais. 

Fique com algumas das imagens publicadas através da conta @AstroPeggy no Twitter.


Popularidade das redes sociais em queda. Apps de mensagens estão a tomar-lhes o lugar

Mon, 04/24/2017 - 17:15

O cansaço que os utilizadores demonstram face às redes sociais pode estar relacionado com a pressão de viverem uma "vida pública", com a irritação que é lidar com publicidade cada vez mais invasiva e com a fraca qualidade das publicações dos seus contactos.

Apesar de ser uma tendência prevista há já vários anos, a substituição das redes sociais pelas aplicações de mensagens é um fenómeno que parece estar agora a materializar-se. E há profissionais da indústria tecnológica que a apoiam.

Pavel Durov, por exemplo, é um dos maiores apoiantes desta migração de utilizadores. O fundador do Vkontakte, que é conhecido como sendo uma versão russa do Facebook, apagou recentemente todos os seus amigos desta rede social. Mantê-los, como disse, "era demasiado 2010".

Durov perdeu o controlo desta plataforma há já vários anos. Desde aí, o programador tem-se envolvido com outros projetos tecnológicos, como a aplicação de messaging Telegram que conta já com 100 milhões de utilizadores ativos mensalmente.

"As pessoas têm estado nas plataformas de mensagens desde sempre. Manter listas de amigos obsoletas nas redes sociais não faz sentido e leva demasiado tempo. Ler as notícias das outras pessoas atrofia-nos o cérebro", considera o empresário russo, "não devíamos ter medo de nos livrar de bagagem velha quando estamos a tentar arranjar espaço para acomodar nova".

Já em 2014, o próprio Mark Zuckerberg reconheceu a popularidade dos serviços de mensagens instantâneas. "A única coisa que as pessoas fazem mais do que utilizar redes sociais é utilizar aplicações de messaging", disse o empresário no ano em que decidiu separar o Messenger do Facebook. No ano seguinte, as plataformas de mensagens ultrapassaram as redes sociais em número de utilizadores ativos por mês.

O crescimento das primeiras face às segundas continua a registar-se a um ritmo mais acelerado. De acordo com a Comscore, a audiência do Messenger cresceu 36% entre julho de 2015 e junho de 2016, ao passo que o próprio Facebook registou um aumento no número de utilizadores a rondar os 19%.

Segundo a revista neozelandesa Stuff, existem medições que indicam que o Facebook está até estagnado. O ano passado, os utilizadores da rede geraram menos 25% de conteúdo original do que em 2015 e o tempo médio mensal que cada um passou no site caiu das 24 horas para as 18,9.

Apesar de não existirem estudos que indiquem as causas deste fenómeno, a Stuff sugere que o cansaço que os utilizadores demonstram face às redes sociais pode estar relacionado com a pressão de viverem uma "vida pública", com a irritação que é lidar com publicidade cada vez mais invasiva e com preocupações de segurança. Os conteúdos de parca qualidade e os livestreams podem também ser contados como razões. Em contraste, as plataformas de mensagens são "terreno seguro". Giram em torno da comunicação pessoal e não da "transmissão pública".

Quem também parece ter-se apercebido disto foram os anunciantes. Mas mais uma vez, quando o dinheiro sair das redes sociais para ser alocado nas aplicações de mensagens, talvez os problemas migrem com os utilizadores.

Mega aula em Lisboa vai ensinar alunos do 2º ciclo a programarem

Mon, 04/24/2017 - 16:18

A ideia é da Universidade Atlântica e da Editora FCA e acontece esta quinta-feira, dia 27 de abril, no Liceu Camões.

Nesta ação, 200 estudantes vão poder aprender as bases da programação em Scratch, através da resolução de pequenos desafios, apoiadas pelos colegas mais experientes do Ensino Secundário.

A atividade “é uma forma de promover competências essenciais como a comunicação, a colaboração e a resolução de problemas”, refere-se numa nota enviada à imprensa. Além disso, enquadra-se no âmbito do “International Girls in ICT Days”, um dia assinalado internacionalmente com o objetivo de motivar jovens mulheres a considerarem carreiras em áreas relacionadas com as tecnologias informáticas e da computação.

A mega aula que decorre no Auditório Liceu Camões tem entrada livre, mas as inscrições estão limitadas a 200 participantes. Consulte informação adicional neste link.

LinkedIn ultrapassa a meta dos 500 milhões de utilizadores

Mon, 04/24/2017 - 15:22

A plataforma foi comprada pela Microsoft em 2016 e desde agosto desse ano que já ganhou 50 milhões de novos utilizadores.

O LinkedIn é uma das redes sociais mais utilizadas em processos de recrutamento em todo o mundo e comemora agora a conquista de um objetivo que espelha bem o sucesso do serviço. Ao todo, a plataforma já conta com mais de 500 milhões de utilizadores, uma marca que beneficiou de um aumento de 100 milhões desde o último mês de outubro de 2015.

Apesar do número redondo, o LinkedIn não conta, no entanto, com uma grande base de utilizadores ativos mensalmente. Da última vez que a rede social tinha apresentado esta contagem, em agosto do último ano, apenas 25% dos 450 milhões de utilizadores registados à data estavam todos os meses ativos no site.

Desta vez o LinkedIn não anunciou essa percentagem mas, dada a utilidade da rede social, é provável que o valor se mantenha.

Recorde-se que a plataforma foi comprada pela Microsoft em 2016 por cerca de 26 mil milhões de dólares e já não está obrigada a revelar estes dados de forma periódica. 

S8: utilize o botão Bixby para lançar o assistente virtual da Google

Mon, 04/24/2017 - 14:37

A tecnológica sul-coreana integrou um botão físico no seu último flagship que serve de atalho ao lançamento do Bixby, mas existe uma forma de lhe designar outra função. O segredo está numa aplicação.

Apesar do design irrepreensível e do ecrã "infinito", o novo Galaxy S8 tem sido criticado por não permitir a redefinição do novo botão físico que a Samsung integrou na lateral do equipamento para que os utilizadores invoquem o Bixby, o assistente virtual da marca.

Mas apesar da opção não estar disponível de raiz, existem já algumas formas de o fazer com recurso a ferramentas desenvolvidas por terceiros. Algumas foram entretanto bloqueadas pela Samsung, mas outras resistem.

Apesar de (ainda) não ser possível redefinir o botão para funcionar como um atalho de qualquer aplicação ou funcionalidade à escolha do utilizador (abrir o Facebook, responder à mensagem recebida), o programador Dave Bennet criou uma app que permite aos utilizadores substituírem a funcionalidade do botão para que este, em vez de abrir o Bixby, lance o Google Now.

A solução passa por uma aplicação gratuita, a BixRemap, que trata de sobrepor a operação à definição de fábrica. E para que funcione, só tem de permitir que a app tenha acesso às estatísticas de utilização do aparelho.

A aplicação tem uma falha, no entanto. Embora consiga substituir o Bixby pelo Google Now, o assistente virtual da Samsung vai abrir na mesma sempre que premir o botão. A diferença, neste caso, é que a app será colocada em segundo plano enquanto a da Google surge operacional no ecrã.

A integração de um botão físico no S8 especificamente para invocar o Bixby é o materializar de um sério compromisso para com o seu próprio software de inteligência artificial pelo que não se espera que a Samsung venha a permitir que este botão seja, através de um método oficial, redefinido para lançar outras aplicações ou funcionalidades.

Quase todas as PMEs têm telefone fixo, telefone móvel e acesso à internet. E em pacote

Mon, 04/24/2017 - 13:42

São perto de 90% as micro, pequenas e médias empresas em Portugal que contratam estes serviços em pacote, refletindo o que também acontece entre os utilizadores individuais.

Os dados fazem parte do inquérito que a Anacom promove de dois em dois anos, sobre a utilização dos serviços de comunicações eletrónicas entre as PME portuguesas, relativo a 2016.

Os resultados mostram que a taxa de penetração do serviço telefónico fixo (STF), do serviço telefónico móvel (STM) e do serviço de acesso à Internet (SAI) situava-se entre os 91 e os 95%.

Apesar de apresentar um dos níveis de penetração mais reduzidos (64,1%), o serviço de Internet móvel (SAIM) foi o que mais cresceu entre 2014 e 2016, registando mais 9,6 pontos percentuais), seguindo-se o serviço de distribuição de sinais de TV por subscrição (STVS), que cresceu 7,7 pontos percentuais.

O principal tipo de ofertas subscritas pelas PME são ofertas multiple play ou em pacote. A penetração deste tipo de ofertas nas PME cresceu substancialmente entre 2007 e 2014, atingindo 88% nessa data.

Em 2016, a taxa de penetração de pacotes é semelhante à registada há dois anos (88%). O pacote quadruple play (4P) com a combinação de telefone fixo, telefone móvel, serviço de acesso à internet fixa e serviço de acesso à internet móvel manteve-se como o mais popular (26% dos pacotes), seguindo-se o pacote quintuple play (16%).

No que respeita à utilização de novas tecnologias e serviços de informação e comunicações, destacam-se sobretudo os serviços over-the-top, nomeadamente o serviço de mensagens pela internet (34,5%) e o serviço de voz sobre a Internet (25,7%). Cerca de 17,9% das PME inquiridas recorriam ao cloud computing - mais 6,4 pontos percentuais face a 2014.

De acordo com o inquérito realizado, a MEO continuou a ser o principal prestador entre as PME nos serviços em pacote e nos serviços fixos fora de pacote. Seguem-se o grupo NOS e a Vodafone, sem significativas diferenças entre si.

A Vodafone era o maior prestador de serviços móveis fora de pacote embora com um decréscimo significativo desde 2014. Em compensação foi o que mais cresceu nos serviços em pacote.

YouTube junta-se à guerra contra as notícias falsas

Mon, 04/24/2017 - 12:10

A empresa vai dinamizar uma série de workshops onde serão ensinados, a adolescentes, alguns princípios básicos para saberem lidar com informação manipulada online. A iniciativa surge a pouco mais de um mês das próximas eleições britânicas.

Apesar das notícias falsas em circulação na internet já estarem a ser assinaladas por gigantes tecnológicas como a Google e o Facebook, a quantidade de informação manipulada existente, e a velocidade com que a mesma é produzida, continua a preocupar a comunidade de internautas. Para lhes reduzir o impacto, o YouTube vai agora juntar-se à ofensiva de empresas que as tem tentado inutilizar.

Na prática, este esforço vai materializar-se no lançamento de um programa de workshops no Reino Unido, dirigido aos adolescentes, que vai ensinar os internautas a distinguir entre notícias reais e notícias falsas. A ideia é dinamizar estas aulas de forma presencial ao longo de várias atividades que podem ser realizadas num único dia. As lições vão tentar formar os mais novos de forma a que estes criem mecanismos de defesa contra conteúdos duvidosos, como a verificação de factos ou a utilização de ferramentas de denúncia.

Os workshops vão ser dinamizados por veteranos do YouTube.

A ideia da empresa, como nota o Engadget, não será erradicar as notícias falsas da superfície da internet mas antes envolver toda a comunidade presente no YouTube na luta contra este fenómeno.

A decisão foi tomada depois do parlamento britânico aprovar a antecipação das eleições para o próximo dia 8 de junho. Até lá, os tempos deverão ser férteis em "fake news", como mostraram, recentemente, outros atos eleitorais.

 

Webcast gratuito quer mostrar potencial do Marketing Automation

Mon, 04/24/2017 - 11:49

Qual o verdadeiro poder desta tática? Quais os seus reais benefícios? Estas são algumas das questões a que a Flag pretende responder no próximo dia 26 de abril.

A formação é dirigida a todos os interessados em Marketing e Comunicação que pretendam perceber de que forma o Marketing Automation pode ser aplicado na estratégia de um negócio.

O webcast é gratuito e vai realizar-se no dia 26 de abril, com duração de uma hora e meia, entre as 19h00 e as 20h30.

Qual o verdadeiro poder do Marketing Automation? E qual é o seu real benefício? Estas são algumas das questões às quais o formador Bruno Pinho vai dar resposta, numa formação dirigida a todos os interessados em Marketing e Comunicação, que pretendam perceber de como este conceito pode ser aplicado na estratégia um negócio.

Para se inscreverem, os interessados devem aceder à página do webcast, no site da Flag.

No seguimento do webcast, a Flag está a organizar uma masterclass para aprofundar o tema. Esta masterclass vai ter uma edição no Porto lecionada pelo formador Bruno Pinho, e outra em Lisboa lecionada pela formadora Ana André, em simultâneo, decorrendo nos sábados 27 de maio e 3 de junho, e conta com 12 vagas cada. Aos participantes do webcast sobre o mesmo tema, será oferecido um vale de 50€ para descontar no valor da masterclass, informa a emoresa numa nota enviada às redações.

As vozes já são tão manipuláveis quanto as imagens

Mon, 04/24/2017 - 10:49

Uma tecnológica canadiana vai lançar um serviço que consegue imitar vozes de forma precisa, com entoações e pausas.

A Lyrebird apresentou recentemente um novo software capaz de sintetizar vozes de forma precisa num curto espaço de tempo. E a tecnológica canadiana, formada por estudantes da Universidade de Montreal, diz que a sua nova IPA (interface de programação de aplicações) consegue fazê-lo com apenas um minuto de gravação.

A aplicação, no entanto, não se destaca pela criação de tons artificiais, mas pela facilidade com que imita vozes existentes. Num dos exemplos já publicados pela empresa, a Lyrebird consegue juntar Donald Trump, Barack Obama e Hillary Clinton a falar sobre a empresa. O resultado, ainda que distinguível, assemelha-se bastante às versões reais destes intervenientes robóticos.

Este não é o primeiro programa do género. No passado mês de novembro a Adobe apresentou uma tecnologia semelhante. No entanto, ao contrário desta, a versão da Lyrebird não requer uma gravação de 20 minutos para se transformar na voz que ouve. Em vez disso, só precisa de ouvir sessenta segundos, não só para imitar o tom de uma voz, como para articular diferentes entoações de forma autónoma.

Numa altura em que a empresa se prepara para lançar o software no mercado, enquanto uma app acessível através da cloud, as hipotéticas aplicações desta tecnologia deixam questões de ética e segurança no ar.

"Ao disponibilizarmos a nossa tecnologia ao público, queremos assegurar-nos que não existem quaisquer riscos. Esperamos que toda a gente possa perceber que esta tecnologia existe e que é possível copiar a voz de uma pessoa. De forma mais geral queremos chamar à atenção para o facto de que as gravações de áudio podem deixar de representar provas num futuro próximo", explica a Lyrebird.

Nas mãos erradas, este software pode ser utilizado para reproduzir vozes familiares a um utilizador para obter informações sensíveis, por exemplo. No entanto, a empresa acredita que a exposição da hipótese ao público pode ajudar as massas a inteirar-se de que as gravações, atualmente, são tão questionáveis quanto as imagens que vemos a circular online. As ferramentas de manipulação já existem para ambos os conteúdos.

Carros elétricos vão ganhando adeptos entre os portugueses

Mon, 04/24/2017 - 09:44

As vendas de carros elétricos em Portugal cresceram 135% no primeiro trimestre deste ano, atingindo quase metade das registadas em 2016.

Entre janeiro e março foram vendidos 369 automóveis, perto de metade das 765 unidades comercializadas ao longo do ano passado.

O Renault Zoe foi o carro elétrico mais vendido no primeiro trimestre, com 182 veículos, num crescimento superior a 1.900%. Em segundo ficou o Nissan Leaf com 113 unidades vendidas, mais 28% do que o registado em período homólogo, e em terceiro o BMW I3, com 46 unidades, menos 4% do que há um ano, segundo os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), citados pelo Jornal de Negócios.

O cheque de 2.250 euros dado pelo Estado na compra de um veículo deste género é uma das razões apontadas para o crescimento geral registado, na opinião da Associação de Utilizadores de Veículo Eléctrico (UVE). O procedimento teve início em meados de fevereiro e está disponível para os primeiros 1.000 carros elétricos vendidos em Portugal este ano.

Outro fator apontado é a evolução da rede de carregamento na via pública, refere também a UVE. Atualmente existem mais de 500 postos de carregamento em Portugal, correspondendo a 1.250 tomadas.

Winning quer reforçar equipa e está a recrutar consultores de Gestão e TI

Mon, 04/24/2017 - 08:52

A empresa de consultoria está neste momento em processo de seleção de 30 pessoas com licenciatura ou mestrado completo em Gestão, Informática, Gestão de Empresas, Gestão da Informação, Engenharia Informática ou similares.

Os candidatos devem ter idade inferior a 30 anos, média igual ou superior a 14 valores e disponibilidade a partir do próximo mês de maio.

Este processo de seleção é realizado ao abrigo do Programa Winning Trainee 2017, inteiramente remunerado e com uma duração de nove meses, com objetivo de integração nos quadros da empresa.

Durante a formação inicial deste programa é pretendido que os futuros consultores desenvolvam as suas qualificações com especial enfoque em Estratégia, Inovação, Business Cases, Business Analisys, Gestão de Projetos, Gestão da Mudança, Digital Transformation e Data Science. Em paralelo, são fortalecidas as soft skills de consultoria.

Os participantes têm o seu plano de desenvolvimento profissional acompanhado por um tutor sénior da equipa, que estabelece um conjunto milestones e etapas definindo um plano de carreira personalizado, com o objetivo de desenvolver e potenciar as competências do consultor.

As candidaturas devem ser enviadas para careers@winning.pt.

Recorde os primórdios do computador com esta pequena máquina do tempo

Mon, 04/24/2017 - 08:40

No Old Computers os antigos computadores são as peças de arte que fazem o museu.

Se é um curioso, um profissional ou um simples entusiasta da indústria tecnológica, este museu digital, onde está reunida a primeira parte da história moderna dos computadores, é para si.

Nesta página simples, que integra conteúdos datados desde o longínquo ano de 1972, pode ficar a saber mais sobre as máquinas que transformaram este universo desde o lançamento do HP-9830A, um computador com 8K de RAM cujo preço ascendia quase aos 6 mil euros.

Numa linha cronológica, onde estão compreendidas dezenas de máquinas, pode selecionar qualquer uma para ficar a saber mais sobre as suas particularidades: preço, data de lançamento, especificações, peso, modelo e uma breve história acerca do seu desenvolvimento e das marcas envolvidas no mesmo.

Afinal, os computadores nem sempre foram os portáteis com meio dedo de espessura que são hoje. Há muito por contar e o Old Computers, que fica disponível através deste link, serve exatamente esse propósito. 

Prepare o seu smartphone ou tablet: temos 5 apps fresquinhas e 3 bem conhecidas para Android e iOS

Sun, 04/23/2017 - 13:50

Esta semana três das apps líderes nos downloads decidiram renovar funcionalidades. Falamos do Snapchat, do Messenger e do Instagram, que têm novos truques para aproveitar. Mas a equipa do TeK tem também sugestões fresquinhas para o seu smartphone ou tablet.

Quando olha para o ecrã do smartphone sente que lhe apetece alguma coisa nova? A resposta pode estar em novas aplicações, ou em funcionalidades renovadas nas apps do costume.

Se não passa sem o Snapchat, o Instagram ou o Messenger, esta semana tem novos truques para experimentar e o TeK conta-lhe tudo o que precisa de saber. Mas há mais apps novas para descobrir, onde não faltam jogos e também aplicações úteis para o dia-a-dia, como a MB Way que agora permite levantar dinheiro sem usar o cartão nas caixas Multibanco.

Está pronto e tem espaço no smartphone ou tablet? Verifique as 8 aplicações que lhe trazemos para dar nova energia ao seu equipamento e aproveite para reviver alguns dos golpes de Chuck Norris.

 

Levantar dinheiro no Multibanco sem cartão? Com a app MB WAY já pode

A aplicação da SIBS acaba de ser atualizada e entre as novidades está a possibilidade de usar uma caixa Multibanco para levantar dinheiro sem ter de colocar o cartão.

 

A aplicação já permitia fazer transferências para outros utilizadores, e pagar compras, mas agora tem mais uma função, que pode ser usada ao critério de cada utilizador e que pode vir a tornar-se útil em situações em que saia de casa só com o telemóvel.

O MB WAY integra o MB NET para compras online, substituindo cartões American Express, MasterCard e Visa e aumentando a segurança porque nunca são disponibilizados os dados bancários reais. O número de telemóvel associado à app MB Way passou a ser também "moeda" de pagamento em comerciantes que aderiram ao sistema.

Com a nova atualização, disponível desde 16 de abril, o MB Way também permite levantar dinheiro real numa caixa Multibanco. Como explica a empresa, basta escolher o cartão a utilizar, clicar na opção "Levantar dinheiro", escolher o valor entre 10 e 100 euros e depois usar o código no Multibanco mais próximo. Sem ter de introduzir o cartão, basta carregar na tecla verde, usar o código de 10 dígitos gerado na aplicação e recolher o dinheiro.

Cómodo e fácil, o sistema corta alguns passos até agora associados à segurança nos levantamentos mas conseguimos lembrar-nos de várias situações em que pode resolver algumas situações de "falta de liquidez".

A app MB Way está disponível para Android e iOS.

 

Siga para a próxima página e veja a próxima app

O Snapchat tem uma nova funcionalidade para o Facebook copiar

São desenhos em realidade aumentada que podem ser afixados nos seus vídeos e comportar-se como se fizessem parte do mundo real.

 O Snapchat acabou de juntar um novo leque de filtros à sua aplicação. Estes, no entanto, são diferentes. Articulam realidade aumentada, têm de ser utilizados com a câmara traseira e em vez de serem aplicáveis à face dos utilizadores ou como moldura, flutuam no cenário, ajustando-se à paisagem.

Numa fase inicial, a empresa vai juntar um arco-íris, flores e um "OMG", mas o stock vai mudando diariamente.

A ideia é fixar o elemento numa dada zona da imagem. E se se movimentar à volta dele vai ser possível visualizá-lo de várias perspectivas, como se existisse no mundo real. Ao contrário dos autocolantes, que são imagens unidimensionais e se afixam em cada snap como se tivessem colados ao ecrã do smartphone, estes novos filtros têm de ser fixados na imagem de acordo com a disposição real dos corpos que a compõem - é possível pousar um arco-íris especificamente em cima de uma mesa, por exemplo.

A atualização do Snapchat que traz esta nova funcionalidade já está a ser instalada na app para Android e iOS.

 

Siga para a próxima página e veja a próxima app

TrickPics: uma app com filtros divertidos para tapar as partes íntimas

A ideia é do “clássico” dos conteúdos online para adultos PornHub e quem gosta de partilhar fotos mais ousadas nas redes sociais ou com os seus contactos é muito capaz de achar piada. Os outros vão, no mínimo, ficar curiosos. Certo?

Acabada de chegar às lojas de aplicações, a TrickPics trouxe algum alvoroço ao universo mobile. É que não é todos os dias que surge uma aplicação de filtros que promete transformar as fotos mais “picantes” em conteúdo publicável em qualquer rede social “normal”.

Há que ter sentido de humor para usar a app, já que os filtros aplicados aos seus nudes não vão com certeza deixá-lo ou deixá-la mais sexy – mas vão garantidamente divertir os destinatários.

A TrickPics é gratuita e está disponível para Android e para iOS. De momento tem 15 filtros de realidade aumentada disponíveis, mas promete mais recursos para muito breve. 

 

Siga para a próxima página e veja a próxima app

Instagram passa a funcionar offline em smartphones Android

A novidade foi anunciada no F8, o evento organizado anualmente pelo Facebook para programadores do universo tecnológico.

O Instagram permite agora a operação de várias funcionalidades sem qualquer ligação à internet. O suporte para modo offline, no entanto, não se estende a todas as secções da app, mas sim à criação de publicações, à navegação no feed e à interação com outros posts.

Na prática, os conteúdos descarregados pelo Instagram enquanto o telefone está online vão ficar armazenados e todas as opções de interação ficam disponíveis offline. Isto significa que, mesmo sem ligação à internet, pode gostar, comentar e guardar na sua biblioteca as fotografias publicadas pelos seus contactos e as que surgem na tab Explorar. Uma vez online, as ações feitas offline ficam visíveis a todos os utilizadores. O mesmo acontecerá com os posts criados.

Ainda esta semana a app tinha ganho uma nova funcionalidade de coleções, mas a "máquina de funcionalidades" parece continuar a rodar.

O suporte deverá sustentar uma utilização mais intensiva do Instagram em países onde as ligações à internet não são consistentes nem rápidas. Será interessante ver se o suporte será expandido a funcionalidades como as Stories.

A app já conta com mais de 600 milhões de utilizadores em todo o mundo e está disponível gratuitamente para smartphones Android e iOS.

 

Siga para a próxima página e veja a próxima app

Lumino City: um jogo inteiramente feito de...cartão

A app foi condecorada nos BAFTA dos videojogos e demorou três anos a ser concluída. Os cenários e as personagens foram construídos à mão, com papel, cartão e cartolina.

Este é um daqueles jogos móveis que prima sobretudo pelo design. Chama-se Lumino City, está disponível para Android e iOS, e foi inteiramente desenhado e construído à mão. Neste caso, os computadores serviram apenas para animar o inanimado. O resto? É artesanato.

Nesta app, que estabelece a sequela a um outro popular jogo móvel chamado Lume, o utilizador é convidado a enveredar numa aventura repleta de puzzles que se desenrola em cenários de papel, cartão e cartolina até a protagonista encontrar o avô.

Ao todo, entre programação e construção dos elementos, Lumino City demorou três anos a ser feito. O esforço, no entanto, compensou. Já nesta edição dos BAFTA para videojogos, a aplicação foi condecorada com quatro prémios na categoria móvel, incluindo o de melhor concretização artística.

Lumino City custa 5,49 euros, mas está em promoção na Play Store podendo ser adquirido por 3,19 euros nos próximos dias. Na App Store, o jogo pode ser adquirido por 4,99 euros.

 

Siga para a próxima página e veja a próxima app

Conversas no Messenger vão poder “meter” mais bots e extensões

A aplicação de messaging acaba de ganhar novos recursos que estão disponíveis para descobrir novos bots.

É verdade que os bots já não são novidade no Messenger mas a partir de agora vão passar a estar “arrumados” num separador chamado Discovery, para serem mais fáceis de encontrar. É que neste momento já existem 100 mil bots de conversação para a aplicação de messaging – um crescimento de mais do dobro face aos 33 mil registados há seis meses.

Através do “botão” Discovery, os utilizadores vão poder navegar pelos bots que usaram recentemente ou descobrir novos bots entre os que estão em destaque e também fazer pesquisas específicas.

O Messenger também está prestes a ganhar o que a equipa de Mark Zuckerberg denomina como Chat Extensions, e que na verdade passam pela integração de bots em conversas de grupo, e que permitem, nomeadamente a partilha de música ou de artigos noticiosos. Entre os primeiros parceiros estão o Spotify, a NBA, o OpenTable e o Wall Street Journal.

 

Siga para a próxima página e veja a próxima app

Wingman: uma app que ajuda a encontrar o parceiro ideal com a ajuda de um amigo

Quem quer fazer de "casamenteiro" tem cada vez mais ferramentas ao seu dispor. As aplicações multiplicam-se e a Wingman é mais uma que se quer destacar neste ranking amoroso.

Ainda em versão beta, a Wingman tem um conceito de "casamenteiro" que promete fazer pares a partir de recomendações de amigos fiéis. Se o A acha que vai gostar da B é capaz de ter alguma razão. Ou não. E é isso que se pode comprovar na aplicação.

Quando alguém está disposto a assumir o papel de Cupido para ajudar um amigo (ou amiga) mais tímido a Wingman dá um empurrãozinho para encontrar o par ideal. E os melhores co-pilotos do amor podem aparecer no quadro de honra da app.

A aplicação é grátis e está disponível para iOS, mas por enquanto apenas em alguns países.

 

Siga para a próxima página e veja a próxima app

Chuck Norris chega aos smartphones para deixar toda a gente K.O.

A Flare Games, estúdio responsável pelo desenvolvimento do jogo móvel Nonstop Knight, decidiu assinalar o 77º aniversário do norte-americano com um jogo dedicado às suas habilidades marciais.

O nome de Chuck Norris não ecoa apenas na memória dos mais velhos. Na internet, a estrela de Walker, o Ranger do Texas, ganhou uma fama quase tão grande quanto aquela que conquistou no cinema e na televisão graças a uma série de piadas que ainda hoje servem para exemplificar o poder do ator e mestre de artes marciais. Afinal, quem é que nunca ouviu dizer que o norte-americano ganhou ao sol no jogo do sério?

Agora, para festejar o seu 77º aniversário, Norris transformou-se no protagonista de um novo jogo móvel com o seu nome, um spinoff de Nonstop Knight que o coloca numa arena contra tudo e contra todos.

Em Nonstop Chuck Norris, que está agora disponível para Android e iOS de forma gratuita, o personagem pode equipar-se com vários objetos e valer-se das suas bem conhecidas habilidades marciais para dar conta dos inúmeros oponentes que vão surgindo. Da lista de armas disponíveis contam-se bastões de basebol, motoserras...pernas de peru e outras coisas tão adequadas como inusitadas. O famoso roundhouse kick, claro, também faz parte do leque de habilidades desta versão de Chuck Norris.

Nonstop Chuck Norris foi desenvolvido pela Flare Games e já pode ser descarregado na Play Store e na App Store gratuitamente.

 

Já decidiu o que vai instalar? Amanhã há mais!

Descobrir novas (e fantásticas) perspetivas do Planeta Terra

Sun, 04/23/2017 - 09:44

Nunca é demais falar do Google Earth e das ferramentas de descoberta do planeta Terra que esta plataforma permite. Até porque é uma aventura sempre com novos ângulos.

A nova versão esteve a ser preparada durante dois anos e está agora disponível para dispositivos Android ou browser, mas só para Chrome e vale a pena perder algum tempo a explorar as propostas aqui apresentadas, seja usando a pesquisa ou a partindo sem destino fixo com a opção "sinto-me com sorte".

Dos desertos às montanhas e ilhas paradisiacas, há muito para conhecer ou redescobrir, mas não há apenas paisagens, já que na opção Voyager pode conhecer perspetivas culturais e científicas sobre os espaços a descobrir.

A perspetiva 3D e a forma de rotação foram melhoradas e trazem uma nova profundidade à apresentação das imagens que justifica ainda mais a viagem. 

Chuck Norris chega aos smartphones para deixar toda a gente K.O.

Sat, 04/22/2017 - 17:57

A Flare Games, estúdio responsável pelo desenvolvimento do jogo móvel Nonstop Knight, decidiu assinalar o 77º aniversário do norte-americano com um jogo dedicado às suas habilidades marciais.

O nome de Chuck Norris não ecoa apenas na memória dos mais velhos. Na internet, a estrela de Walker, o Ranger do Texas, ganhou uma fama quase tão grande quanto aquela que conquistou no cinema e na televisão graças a uma série de piadas que ainda hoje servem para exemplificar o poder do ator e mestre de artes marciais. Afinal, quem é que nunca ouviu dizer que o norte-americano ganhou ao sol no jogo do sério?

Agora, para festejar o seu 77º aniversário, Norris transformou-se no protagonista de um novo jogo móvel com o seu nome, um spinoff de Nonstop Knight que o coloca numa arena contra tudo e contra todos.

Em Nonstop Chuck Norris, que está agora disponível para Android e iOS de forma gratuita, o personagem pode equipar-se com vários objetos e valer-se das suas bem conhecidas habilidades marciais para dar conta dos inúmeros oponentes que vão surgindo. Da lista de armas disponíveis contam-se bastões de basebol, motoserras...pernas de peru e outras coisas tão adequadas como inusitadas. O famoso roundhouse kick, claro, também faz parte do leque de habilidades desta versão de Chuck Norris.

Nonstop Chuck Norris foi desenvolvido pela Flare Games e já pode ser descarregado na Play Store e na App Store gratuitamente.

IFA 2017 vai ganhar mais espaço para as marcas e um palco central para a inovação

Sat, 04/22/2017 - 15:56

A principal feira de eletrónica de consumo na Europa tem já data marcada para os dias 1 a 6 de setembro, em Berlim, mas este ano há uma reformulação significativa que vai dar mais espaço às marcas e à inovação.

“A chave para o nosso sucesso nas últimas décadas foi a capacidade para olhar pelos olhos dos nossos stakeholders e perceber o que eles esperam do show”, explica Christian Goke, CEO da Messe Berlim, durante a pré-conferência que está a decorrer em Lisboa. E por isso a entidade responsável pela IFA continua a redefinir os conceitos e a alargar o âmbito da feira que já se tornou obrigatória na Europa.

O CEO da Messe Berlim admite que as fronteiras entre o mundo digital e o mundo físico já não existem, mas que também a diferença entre os pequenos devices, a área da TV, os eletrodomésticos de linha castanha e os smartphones é cada vez mais reduzida, sobretudo com o crescimento da interligação em smart devices. “É o mercado da eletrónica de consumo que liga e marca tudo e só a IFA consegue oferecer a visão global, cobrindo e refletindo o mercado tal como ele é hoje”, refere.

A primeira IFA foi realizada em 1924 e desde então a feira tem crescido significativamente, assim como o mercado que se aproxima do bilião de dólares em receitas, e onde os smartphones estão a assumir um peso cada vez maior, assim como um papel de ligação a todos os dispositivos, como centro da Internet das Coisas, mantendo as pessoas “always on”. Com 1.800 expositores em 2016 a IFA estreou uma nova área de exposição, e este ano a Station vai ter um novo papel.

Christian Goke explica que a ideia é que sejam as marcas a assumir o papel principal na IFA e por isso a Station Berlim vai albergar este ano uma exposição separada, com um nome próprio – IFA Global Markets – onde vão ficar alojados os produtores de componentes, OEMs e ODMs. Esta feira, separada, mas ligada na génese, vai decorrer entre os dias 3 e 6 de setembro, ainda durante o tempo da exposição global, marcada para o espaço tradicional da IFA na Messe de Berlim, entre 1 e 6 de setembro.

Em 2014 a IFA já tinha alargado o espaço de exposição com a inauguração do “Cubo”, reservado à Samsung, mas com o crescimento da feira isso não era suficiente e em 2016 uma parte mais profissional passou para a Station de Berlim, fora do espaço da feira, uma separação que agora se aprofunda.

Embora ainda seja cedo para confirmar os dados finais da feira em 2017, a Messe Berlim acredita que pode acrescentar com esta separação cerca de 15 mil metros adicionais de espaço para as marcas, satisfazendo os expositores mas também respondendo aos interesses dos consumidores.

Em relação à área da inovação, a IFA criou um espaço específico para mostrar as tendências e produtos inovadores, a IFA NEXT, no pavilhão 26, onde serão realizadas apresentações e demonstrações, keynotes e hosted conferences e que vai também alojar a droidcon, a maior conferência de drones a nível global.

Carro voador em testes nos céus de Munique

Sat, 04/22/2017 - 11:58

A Liliam Aviation é mais uma das muitas empresas que estão a desenvolver um carro voador. A ideia, neste caso, é construir uma frota de transportes ao estilo da Uber.

Apesar dos maiores projetos de mobilidade parecerem apontar para uma outra direção, os carros voadores, que desde há muito são um objetivo declarado da indústria tecnológica, continuam na oficina. Nos últimos anos, muitos protótipos foram apresentados. Elon Musk não acredita que este seja o caminho, mas como muitos outros investidores têm apostado no desenvolvimento de uma versão funcional e pronta a vender, os testes continuam.

Uma das últimas empresas a fazer voar a sua proposta foi a Lilium Aviation. A empresa alemã, baseada na cidade de Munique, conseguiu até atingir um marco importante no desenvolvimento do seu protótipo completando o primeiro voo de teste do seu veículo elétrico de dois lugares que descola e aterra verticalmente.

O modelo é potenciado por 36 propulsores a jato que se estendem ao longo de duas asas com uma envergadura de 10 metros de ponta a ponta. As asas contam ainda com duas abas que controlam a direção do aparelho e permitem a descolagem perpendicular ao solo. Ao todo, a aeronave chega aos 300 quilómetros por hora e pode igualmente percorrer cerca de 300 quilómetros durante um ciclo de bateria, "a mesma que se pode encontrar num Tesla", disse Patrick Nathen, co-fundador da Lilium, em declarações ao The Verge.

Nesta primeira fase, os testes estão a ser conduzidos remotamente sem qualquer piloto a bordo. Embora a segurança seja uma prioridade para a empresa, como atesta Nathan, há um sistema de pilotagem automática em desenvolvimento que deverá integrar a versão final do equipamento. Para os que quiserem tomar as "rédeas" desta máquina, a empresa alemã está também a desenvolver um sistema que vai limitar movimentos pouco seguros aos pilotos, garantindo assim que esta é operacionalizada dentro dos parâmetros de segurança.

Para o futuro há também planos para criar uma versão para cinco passageiros. A ideia é que estes veículos integrem uma rede de transportes ao estilo da Uber, com reservas e pagamentos através do smartphone.

Na visão de Nathan, os carros voadores vão ser um transporte comum e acessível. E em vez dos preços astronómicos que se prevêm para as viagens, o empresário espera atingir tarifas na ordem dos 6 dólares num trajeto que normalmente demoraria 55 minutos para um táxi, entre Manhattan e o aeroporto JFK, por exemplo. Com um carro voador como este, o tempo seria reduzido a 5 minutos apenas.

Sonda Cassini começa contagem decrescente em direção… à morte

Sat, 04/22/2017 - 09:30

Depois de quase 20 anos no Espaço e de ter brindado a comunidade científica com mais de 379 mil imagens e perto de 600 gigabytes de dados, a senhora dos anéis - e das luas - de Saturno inicia o conjunto de “voos” que assinalam o seu fim.

A sonda lançada em 1997 pela NASA fará este fim de semana a sua última aproximação a uma das luas do gigante gasoso, depois de um longo período de surpreendentes descobertas.

A Cassini ficará 979 quilómetros acima de Titã de acordo com a agência espacial norte-americana, num “encontro” em que os instrumentos RADAR que a equipam aproveitarão para observar de perto e registar os lagos e mares de metano da lua, assim como as suas “ilhas mágicas” – caraterísticas misteriosas que os cientistas dizem poderem ter sido criadas por bolhas de gás.

O voo deste fim de semana sobre Titã assinala o início para o grand finale, marcado para 15 de setembro, quando a Cassini mergulhar intencionalmente na atmosfera de Saturno e terminar um “namoro” de 13 anos com o gigante gasoso e as suas luas.

Mas antes de “morrer”, a sonda espacial ainda tem umas tantas “tarefas” para cumprir em redor do planeta dos anéis. Saiba tudo a partir do endereço da Nasa dedicado a esta grande protagonista do além-Terra.   

Wingman: uma app que ajuda a encontrar o parceiro ideal com a ajuda de um amigo

Fri, 04/21/2017 - 20:44

Quem quer fazer de "casamenteiro" tem cada vez mais ferramentas ao seu dispor. As aplicações multiplicam-se e a Wingman é mais uma que se quer destacar neste ranking amoroso.

Ainda em versão beta, a Wingman tem um conceito de "casamenteiro" que promete fazer pares a partir de recomendações de amigos fiéis. Se o A acha que vai gostar da B é capaz de ter alguma razão. Ou não. E é isso que se pode comprovar na aplicação.

Quando alguém está disposto a assumir o papel de Cupido para ajudar um amigo (ou amiga) mais tímido a Wingman dá um empurrãozinho para encontrar o par ideal. E os melhores co-pilotos do amor podem aparecer no quadro de honra da app.

A aplicação é grátis e está disponível para iOS, mas por enquanto apenas em alguns países.